top of page

Deputado Gabriel Magno promove comissão geral sobre epidemia de dengue e saúde no DF

Na tarde desta quinta-feira (18), o deputado distrital e presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura, Gabriel Magno (PT/DF), liderou uma comissão geral voltada para debater a epidemia de dengue e a situação da saúde no Distrito Federal. O evento contou com a participação de diversos representantes da área da saúde e da sociedade civil, porém, foi marcado pela ausência da Secretária de Saúde e de representantes do Governo do Distrito Federal.




Alguns dos temas que dominaram o debate foi a necessidade de responsabilização da Secretaria de Saúde sobre a epidemia da dengue, a contratação de mais profissionais em diversas áreas, mais investimentos na saúde e críticas ao projeto do governo Ibanes, PL 1065, de passar a gestão do Instituto de Cardiologia e Transplantes do DF para o Iges.



Dentre os participantes estavam a Presidenta do Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal, Lívia Vanessa Ribeiro Gomes Pansera, o Presidente do Conselho de Saúde do Distrito Federal, Domingos de Brito Filho, o Vice Presidente do Sindicato dos Médicos, Carlos Fernando, além de representantes de diversas entidades ligadas à saúde, como a Associação Médica de Brasília e o Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal.


Domingos de Brito Filho, Presidente do Conselho de Saúde, lamentou a ausência da SES e destacou que o projeto de ampliação do IGES-DF não passou pelo Conselho. Ele também questionou a falta de consulta à população sobre a satisfação com o IGES-DF. Já o Yuri Marques, representante do SINDIVACS/DF, pediu apoio para votar o projeto da LDO de reestruturação da carreira de AVAs e ACSs, ressaltando a necessidade de nomeações pelo governo.


Durante a mesa estendida, diversos pontos foram levantados em relação à crise enfrentada pelo sistema de saúde do DF. O Conselho Regional de Medicina apontou a falta de estrutura adequada nas tendas de hidratação, evidenciando a desorganização da atenção primária de saúde. Além disso, foi destacada a falta de leitos e o desrespeito aos usuários do sistema de saúde.


O deputado Gabriel Magno ressaltou a importância dos investimentos na saúde pública e criticou a falta de celeridade na resposta da Secretaria de Saúde diante dos problemas enfrentados. Também foram levantadas questões sobre a falta de transparência na gestão do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGES-DF) e a necessidade de maior participação da população nas decisões relacionadas à saúde.



Encaminhamentos da Comissão Geral sobre Epidemia de Dengue

Durante a reunião, foram discutidas medidas emergenciais para enfrentar a epidemia de dengue, bem como propostas de melhorias estruturais no sistema de saúde do Distrito Federal. Os principais encaminhamentos da comissão serão enviados ao Conselho de Saúde, à Secretaria de Saúde, ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do DF.

Comments


bottom of page